Seja bem vindo(a)! Mantenha a autoria dos Poemas.

Seja bem vindo(a)!                                            Mantenha a autoria dos Poemas.
"O vento só leva, quem se deixa levar" (Rose Felliciano)

domingo, 6 de setembro de 2009

PERDÃO




PERDÃO



“Das culpas, das dores,
De todos os dissabores,
Não sei o que mais marcou...

Quantas perguntas sem respostas
E a aposta de um novo dia
Que nunca chegou...

O tempo?
O tempo só apaga
Fogo que não queimou....

De tudo a reaprender
Perdoar foi mais difícil
Ainda estou aprendendo...

Até porque, não existe culpa
Se o sentimento acabou...
Como perdoar? Quem?

Talvez a mim mesma...
Talvez ninguém...” (Rose Felliciano)




*Mantenha a autoria do Poema*

*Imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.

Rose Felliciano

6 comentários:

  1. que mensagem linda...parabéns pelo blog amiga!

    ResponderExcluir
  2. Querida Rose...

    O perdão brilha nos teus olhos lindos!
    É melodia nas palavras que saem nuas dos teus lábios
    É perdão a tua sombra ardente!

    Beijos...
    AL

    ResponderExcluir
  3. Oi querida Rose,

    saudades de ti... Adorável poema como de costume. Prazer em contatá-la novamente. Bj.

    ResponderExcluir
  4. Hoje roubei todas as rosas dos jardins
    e cheguei ao pé de ti de mãos vazias.

    Eugénio de Andrade


    Beijos poéticos e o meu carinho...M@ria

    ResponderExcluir
  5. O seu blog é fantástico! Ainda não consegui formar uma opinião completa sobre si... Ainda não li tudo, mas do que li, está óptimo!!! Muitos parabéns e, obrigado por partilhar connosco a sua arte!
    Carlos Leite, http://opintordesonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir