Seja bem vindo(a)! Mantenha a autoria dos Poemas.

Seja bem vindo(a)!                                            Mantenha a autoria dos Poemas.
"O vento só leva, quem se deixa levar" (Rose Felliciano)

domingo, 6 de setembro de 2009

PERDÃO




PERDÃO



“Das culpas, das dores,
De todos os dissabores,
Não sei o que mais marcou...

Quantas perguntas sem respostas
E a aposta de um novo dia
Que nunca chegou...

O tempo?
O tempo só apaga
Fogo que não queimou....

De tudo a reaprender
Perdoar foi mais difícil
Ainda estou aprendendo...

Até porque, não existe culpa
Se o sentimento acabou...
Como perdoar? Quem?

Talvez a mim mesma...
Talvez ninguém...” (Rose Felliciano)




*Mantenha a autoria do Poema*

*Imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.

Rose Felliciano

LONDRINA




LONDRINA



"Ainda é jovem a forte metrópole
Ao Norte do Paraná ela brilha
Tão linda, minha Londrina
Que os raios da sua beleza, alimentam o sol...

De onde se via café, o verde ouro,
Tem agora seu tesouro
Nas avenidas, Indústrias, Comércios
E na acolhida dos pés vermelhos, mãos limpas
De sorrisos e simpatia sem igual...

Suas ruas fizeram história
Na memória dos pioneiros.
E o sonho altaneiro dos fundadores
Plantando amores, semeando respeito,
Não foi desfeito...

Londrina é qualidade de vida
Gente bonita, animação
Passeios no Lago, diversão.
A saúde é seu destaque
Melhores Universidades
Segurança e Educação.


Sei que tem seus defeitos
Mas tem muita gente de respeito
Com fé em Deus e dedicação.
Tem a dignidade
Que faz dessa cidade
Orgulho da nossa Nação." (Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*

*Imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.


Rose Felliciano

ALMAS APAIXONADAS...




ALMAS APAIXONADAS...




“Não te apresses em ver no papel,
Frases Poéticas a ti...
És minha fonte de inspiração - Creia nisso!
E os mais belos Poemas já foram escritos...
Tatuados todos,
Pelo calor dos nossos corpos, nosso ser...
Na linguagem Poética da alma
Onde os olhos se fecham para ver... ”(Rose Felliciano)



*Mantenha a utoria do Poema*


*Imagem utilizada-desconheço a autoria.

Rose Felliciano

RETRATOS




RETRATOS



“Senti o gosto do mel,
Nos favos do teu amor...
Senti o doce sabor
Dos beijos, da alegria...
Letras da Poesia
Em versos de encantos teus...
Senti, sentimos...
Da paisagem nítida,
Estampada na tela,
Cores foscas em abstrato
Pintam o retrato da espera.... “(Rose Felliciano)


*Mantenha a autoria do Poema*

*Imagem utilizada-desconheço a autoria.


Rose Felliciano

SAUDADES DE MIM...




SAUDADES DE MIM...




“Descobri uma nova técnica
Para não chorar de saudades
Nem ter o coração em pedaços
Por um amor que se foi...

Já não arde meu peito
E nem tenho o travesseiro
Inundado por lágrimas
Das lembranças choradas
Em noites imensas, sem fim...

Hoje, só amo os que perto de mim estão.
Sem apego, firmo o chão
E não me permito sonhar...

O mundo da razão eu quis...

A técnica deu certo
Mas, morri sem desejos, por tédio...
Morri com saudades de mim...” (Rose Felliciano)



.

*Mantenha a autoria do Poema.*

*Imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.

Rose Felliciano

POETA

AMOR A PINO

FELICIDADE FELIZ...

INVEJA

VERGONHA MUNDIAL

SORRIA




SORRIA


"Desejo um Poema feliz em seus lábios
Saindo do lado de dentro
do coração...
Desejo-te nova canção!

Que anjos de Deus e Seus querubins
Entoem hinos de amor sem fim
Alegrando de esperanças sua vida
Curando toda ferida...

Este desejo não é só meu
É parte dos sonhos de Deus
Do muito que a ti planejou.

Sorria, pois a mensagem é tua
És bem mais que criatura
Como filha, Ele te chamou!"(Rose Felliciano)


*Mantenha a autoria do Poema*

*Imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.

Rose Felliciano

O SOM DO AMOR




O SOM DO AMOR


“Não esperava, nem sabia
Que ainda poderia
Ao som do Amor dançar

É... O Amor tem sons!

E quando juntos estamos
Nota por nota, em sintonia,
Ao som do Amor amamos....

A Jóia é sempre rara
Chuvas são de prata
O Sol é ouro - eu juro!
Sempre que estamos juntos...

Melodia que cantamos
Sem qualquer palavra falar...
E dançamos
Ao som do Amor no ar...

É... O Amor tem sons!
E quão suaves são.... ”(Rose Felliciano)



* Mantenha a autoria do Poema*


*Imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.


Rose Felliciano

FECHO OS OLHOS...




FECHO OS OLHOS...



“Hoje, bem sei que não te quero.
Já não és o mesmo que outrora amei...
Mas, ainda guardo na lembrança
Todas as imagens, esperança
De um mundo que se desfez...

Já enxergo o que eu não via
Não te quero, bem eu sei...
Mas, sempre que a saudade aperta
Fecho os meus olhos na espera
Que assim possa te ver... ”(Rose Felliciano)


*Mantenha a autoria do Poema*



*imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.

Rose Felliciano

quarta-feira, 22 de julho de 2009

A POESIA ME ESCREVE....



"Nao é falta de inspiração,
como parece...
Nunca me preocupei em escrever.
Como vê,
É a Poesia que me escreve..."(Rose Felliciano)


.
*Mantenha a autoria do Pensamento*

*Imagem utilizada no Pensamento-desconheço a autoria.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Poema com uma belíssima música para lembrar Michael Jackson...




INQUESTIONÁVEL AMOR...

“A duração do amor,
Nem o tempo pode dizer
Ninguém...ninguém saberá responder
Quanto tempo dura o amor.

Tantas vezes pensei estar só
E vinha você, como antes
Em delírios, sonhos,
Rompendo instantes,

Reféns, entregues,
Amantes...
Roubando meu ar, meu ser
Faz-me viver...

A cada vez que me chega (sempre)
Alucinações de saudade
Que minh’alma invade...
Não me deixe...

Tira-me as respostas,
Leva-me as perguntas também
Já não quero saber
Venha mesmo que em sonhos
Faz-me viver...” (Rose Felliciano)




sábado, 13 de junho de 2009

SEU SORRISO...


SEU SORRISO


“Quando as ondas do mar revolto
Em meu peito arremessava
Você foi a calmaria
Um novo encontro das águas...

A ventania, que envolvia
os dias meus,
O pó das dores varreu
Assim que sorriu pra mim...

Emoldurou toda a paisagem
Fez da grade tempestade
Céu azul de brigadeiro

Agradeço-te tanto tanto ...
Pois, mais que secar meu pranto
Fez-me voltar a sorrir

Grande amor, minha alegria
Os melhores momentos da vida
Tenho junto de ti...”(Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema.


http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1645317

*imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.

SER MÃE...


SER MÃE...


"Mais que gerar a vida
É trazer à vida
Ser a acolhida
Ensinar a viver....

Muito mais que dar à Luz
É mostrar a Luz
Luz que conduz
e separa das trevas...

Mais que ensinar a falar
É o que falar,
quando falar
E a importância em se calar...

Bem mais que ensinar a andar
É acompanhar os passos
Falar dos espaços
Incentivar a seguir...

Mais que corrigir e educar
É ensinar com seu exemplo
E em silêncio,
Falar as mais sábias palavras...

Bem mais que ovário e útero,
é Coração.
Sua maior proteção,
a Oração.

Mais que colo, é abrigo
E ter nos olhos o sorriso,
Que boca alguma jamais deu...
Mais que Mãe....Uma dádiva de Deus" (Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*


http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1583427

*Foto utilizada no Poema: Rose Felliciano e seu filho.*- Todos os direitos reservados.

TRIBUTO À CORA CORALINA


Tributo à Cora Coralina


“Desenhou a poesia,
Como quem tateia o dia,
Desvendando as maravilhas
Narrando tão bem a vida...

Assim, Cora Coralina
Ou simplesmente Ana,
Ainda nos encanta
E nos faz meditar...

Que as palavras não morrem
E ainda nos comovem
Como se para nós fossem escritas...

Em suas Poesias,
A tristeza, solidão e a saudade,
Viram obras de arte...” (Rose Felliciano)




*Mantenha a autoria do Poema.


http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1581987


*Imagem utilizada no Poema- Desconheço a autoria.

EIS O PREÇO...


EIS O PREÇO



“Sou a saudade que te arde o peito
teu açoite... o medo
Ainda alimentas o orgulho
Morres em segredo....

Mesmo querendo esquecer,
Não consegue fugir
Lembra-se de mim...
E do amor que se desfez...

O oceano reporta às lembranças
Éramos como crianças
Eu, tua certeza
Do amor que não tinha fim...

Caminhas a passos lentos
Banha-se em lágrimas e entende
Que caixa bonita não é presente

Desprezou amor....
Eis o preço.
Lamento... Lamento....” (Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*


http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1570111

*Imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.

TÃO PERTO...


TÃO PERTO...


“Mais certo que as dunas
Que adornam o deserto
Ou as brumas
Que o mar abraça...

Nada... Nada de mim te afasta..
Sinto-te aqui
Perto, tão Perto assim...

Na brisa que toca meu rosto
Sinto teu gosto
Amor sincero....
Perto... Tão perto de mim...

Um conto de fadas
História encantada
Descrita em Poesias...

E nessa magia,
A cada página que a memória folhear,
Iremos recordar o passado
Presente, tão perto assim....

Felizes para sempre
Pois existiu a semente
Do amor que desconhece o fim...

E de mãos estendidas
Sentiremos as carícias...
Bem perto, tão perto...
Ainda que distantes, assim... ”(Rose Felliciano)


*Mantenha a autoria do Poema*


http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1554017


*Imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.

O AMOR É LINDO


O AMOR É LINDO...



“O amor é lindo
E não há destino
Que o separe.

Corpos ficam distantes
Mas em nenhum instante
Separam-se as almas...

As rugas aparecem
Ossos se enfraquecem
Perde-se a juventude...

Amiúde,
O amor será o mesmo
Não envelhece...

Amor não se esquece!

Essa é a grande certeza:
O amor é sempre lindo,
Mesmo que não pareça...” (Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*


http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1485283


*imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.

REFLEXÃO


REFLEXÃO


“Tínhamos tudo para sorrir
Sofremos...
Almas gêmeas abortadas.
Antes mesmo de viver,
Morremos...
Destinos desfeitos,
Caminhos vazios,
Eis o preço...
Amanhã será apenas calendário
Pois o passado
Estrutura e nos sustenta.
Valeu a pena?
Só nós sabemos... ”(Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*


http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1471389


*imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.

SIMPLESMENTE TE AMO...


SIMPLESMENTE TE AMO...


“Digo que te amo
Sem dúvidas ou enganos
Como se amor fosse teu nome
Por impulso, vontade, por fome...

Digo que te amo
No sussurro do vento
Em vozes, em pensamentos
Ainda calada, te chamo...

Te amo
pois amor é isso
um compromisso comigo mesma
Puro, verdadeiro, sem defesas...

E assim,
De te amar não me canso
E enquanto viver, ouvirá te dizer...
Simplesmente te amo...” (Rose Felliciano)

.

*Mantenha a autoria do Poema*


http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1463575


*imagem utilizada no Poema- desconheço a autoria.

IRONIA


IRONIA



“O tempo nada mais é que um amontoado de dias
Juntam-se regras, teorias, frases de efeito...
Mas não tem jeito...
Todo tempo do mundo ainda é pouco
Quando o amor, por simples gosto,
Vier brincar com você...” (Rose Felliciano)


*Mantenha a autoria do Poema*


http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1457690

*Imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.

VOU INDO...


VOU INDO...



“Se quer mesmo saber, vou indo...
Indo assim como Deus quer e propôs...
E mesmo sem entender
Creio que tenha sido o melhor pra nós dois...

Vou indo... Indo assim como quem volta
A passos que não querem se mover...
Recolho o que o destino me devolve
Sem saber ainda o que fazer...

Vou indo... E isso é tudo!
Levo nas mãos, bem seguro
Pedaços de um coração...

É bem pouco ou quase nada
Mas é essa a minha estrada, meu caminho...
Vou seguindo... Apenas isso. Vou indo....”(Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*


http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1395944


*imagem utilizada no Poema- desconheço a autoria.

SAUDADE


SAUDADE


"É sempre assim e não será diferente...
Quem disse que se esquece um amor,
nunca amou verdadeiramente.

Porém, vamos nós na dança da poesia!
Sempre será um novo dia.
E a saudade, que dizem ser mortífera,
Pode, às vezes, nos trazer vida.

É ela, através das lembranças,
Que faz com que o passado sobreviva...."(Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*


http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1385293


*imagem utilizada no Poema- desconheço a autoria.

CRIA, CRIANÇA!


CRIA, CRIANÇA!


“Cria, criança, que a vida é assim
Cria a criança aqui dentro de mim

Coça os olhinhos, Faz um biquinho
Chora um pouquinho e logo sorri...

Cria a esperança, ensina pra mim....

Amarelinha, bola de meia
Pique-esconde, brincadeiras...
O faz de conta que acontece

Cria, criança, que o mundo agradece”(Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*


http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1384549

*imagem utilizada no Poema- desconheço a autoria.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

sábado, 7 de março de 2009

TALVEZ...


TALVEZ...


"Talvez demoramos muito
E o plano conjunto, se desfez.
Talvez...
O fato é que deixamos brecha,
Uma pequena fresta que
hoje rasga o peito meu...
O seu, não sei... talvez...
Talvez..."(Rose Felliciano)

.

*Mantenha a autoria do Poema*





*imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

O SEGREDO DO SUCESSO


O SEGREDO DO SUCESSO


“Perguntei-me, um dia,
O que no céu seria,
Mais importante e destaque.

Pensei logo no Sol, astro rei e majestade!
Mas logo me veio à mente,
A Lua que docemente, encanta tantos casais...

Lembrei-me também das estrelas
De lume e beleza intensa
Que brilham em meu olhar...

Nas nuvens,
Que mais parecem algodão,
Vejo imagens, ilusão, fantasias...

Observo também os Planetas,
Asteróides, Galáxias, Cometas,
Mistérios que percorrem o mundo...

Tenho então a resposta. E asseguro:
Que o mais importante é o conjunto
Cada um no seu papel.

Eis a beleza do Universo
A lição que o Deus Eterno
Estampa no imenso Céu .

Não existem só estrelas
E a Lua, com certeza,
Sabe quando atuar.

Todos têm o seu momento
E o seu bom desempenho
É que sustenta o lugar.

E é essa brilhante harmonia
Que faz do céu a magia
Acima, suspenso no ar....”(Rose Felliciano)


*Mantenha a autoria do Poema*



*imagem utilizada no Poema-desconheço a autoria.


http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1410129

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

ERA UMA VEZ...



“Era uma vez sem floresta
Sem castelos, guerras, leões...
Nem bruxas, príncipes, princesas,
Fadas, gigantes, anões...

Era uma vez simplesmente
E nem entrou para história
Restou apenas a abóbora
E uns ratinhos no porão.

Dos beijos em noites de lua
Promessas de amor, sedução,
Ficou sapo gordo que pula
Seu grande papo arrastando no chão.

Acorda de susto a adormecida
Sapatinhos quebrando em seguida
Cristais dos seus sonhos, “Cinderela”...
Era uma vez... E ainda bem que era!”(Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*



http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1383309





*imagem utilizada no Poema- desconheço a autoria*

JOGO DA VIDA



"Fez-se o jogo da vida.
Apostamos alto, ganhamos muito!
Perdemos tanto....
Recolho os planos neste último ato.

Esqueça os dados,
Sabemos bem o resultado...
Independente do número,
És meu mundo, vou te amar...

Lembrar ou esquecer
Não depende de sorte.
A vida vira morte
Se não tenho você...”(Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*




http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1376255


*imagem utilizada no Poema- desconheço a autoria.

ANO NOVO!?



"Como é bom fracionar o tempo!
Ter em um ano,
o contrato com nós mesmos...

Assim, poderemos,
ao final desse período,
comemorar os objetivos atingidos

E tudo o que não foi realizado,
deixar como expectativa
para um novo prazo

Na feliz idéia de dividir o tempo
a tempo e em tempo
de Recomeçar..." (Rose Felliciano)




* Mantenha a autoria do Poema *





http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1355822





*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria*

NATAL



“Olhe para o céu
Ainda existe a estrela a guiar.
Prepare os presentes
Chame amigos, parentes...
Caminhe ao encontro de Jesus, o Salvador!
O adore em alegria, em amor...
Eis o sinal!
Isso e apenas isso é o Natal!” (Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*




http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1352466








.
*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria*

Estimado Namorado...



"Estimado namorado
Arreceba essa prefumada cartinha
e que vosmecê esteja cum saúde juntos aos seus
E nesses seus coloco eu,
promode num inciumá...

Eu quiria sabê iscrevê coisas bunitas
quinem os dotôs, us poetas, e nas rivistas
mas num sei afloriá...
Tomém num quis copiá
intonce, deixei um chero de jasmim
prá ocê num si isquecê di mim...

Sabe quando ocê mi oiava
Cuns óio de goiaba madura
e num sabia nem adisfarsá?
Mi dava um frio na barriga
Imbruiava qui nem lumbriga
chigava inté a corá...

Quando ocê falô cum meu pai, intão
achei que ia isprudí di emoção...
E fiquei com a mão inté vremeia
de tanto treiná beijá...

Mas quando ocê colocou a mão no meu rosto
e beijô minha testa cum gosto,
o céu intero festô
meu coração desinbestô...

Era isso qui eu quiria ti dizê
Qui namora ocê
É mió que drumi inté meio dia
Ou cumê a cumida da tia Maria...

Ah! I mió tomém que chucolate
Ô aquele vistidu da Adelaide
Qui ei vi na rivista das mudelos.
E o teu chero é mais cheroso que jasmim
Tô inté inda agora sentino... queria ocê aqui...
Ih corei di novo...

Por agora já tá bom...
Ocê já ganhou meu coraçao
E meus carinhos tomém...
E istou taum feliz,
Pois num precisei pedi
Prá Santo Antônio ajudá...

Ô será qui ocê pidiu?

Adispois arresorvemos
Quero qui venha correno
Pro casório no arraiar
Ninguém poderá fartá

A cumadi Ceci arrumô tudinho
Se aprume tudo di linho
Mais tem que ser xadreizinho
prá mode a quadría dançá.

E assím fico saudosa
Isperanu aquí na porta
Ocê, meu namorado, chegá...
Veim correnu mi abraçá....
E namorá namorá namorá......" (Rose Felliciano)




*Mantenha a autoria do Poema*




*imagem utilizada no Poema- desconheço a autoria

POEMAS DE AMOR



"Dança das letras
Vários estilos
Sons dos sentidos
Ritmos, Emoção...

Portas abertas
Aroma de Flores
Jardim, beija-flores
Enorme salão...

Acolhida que aquece
Elos que não se esquecem
Sentimentos à flor da pele
Sensação...

Estação de encontros, reencontros
Despedidas
Receptividade, suporte, criatividade
Incentivo à Arte...Vida!

Embalam-se temas
Vídeos poemas
Imagens, viagens
Poesia....

Cintilam-se versos
Feito Estrelas!
Nesse Universo
que permeia o amor....
.......Poemas de Amor!" (Rose Felliciano)





*Mantenha a autoria do Poema*



*imagem utilizada no Poema- desconheço a autoria.

CRIA, CRIANÇA!




“Cria, criança, que a vida é assim
Cria a criança aqui dentro de mim

Coça os olhinhos, Faz um biquinho
Chora um pouquinho e logo sorri...
Cria a esperança, ensina pra mim....

Amarelinha, bola de meia
Pique-esconde, brincadeiras...
O faz de conta que acontece

Cria, criança, que o mundo agradece”(Rose Felliciano)




http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1384549




*Mantenha a autoria do Poema*



*imagem utilizada no Poema- Desconheço a autoria.

sábado, 10 de janeiro de 2009

VIERAM ME CONTAR...



"Vieram me contar,
que as muitas águas inundam aquele lugar...
O sol não aparece, a lua se entristece
e a natureza grita e agita, de saudade de nós dois...

Dizem que as ruas não são mais as mesmas
e as curvas da nossa estrada
estão interditadas, sem vida...
Não podem continuar...

O mar reclama nosso amor
e as ondas em furor
lançando-se nas pedras, gritam...

Isso é o que viram: o Paraíso se dissolver...
E as nossas últimas marcas,
o vento forte, varrer...

Vieram me contar
Mas, confesso...
Preferia não saber..." (Rose Felliciano)


*Mantenha a autoria do Poema*



http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1346145


*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria*

Simplesmente-Unica: O DOCE SABOR DA AMIZADE

http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1344381

O DOCE SABOR DA AMIZADE



“Se amigo fosse doce,
Que doce ele seria???

O meu teria a alegria
Estampada num sorriso
E dois olhinhos bonitos
Fitando o meu olhar

Teria também coração
E pezinhos para andar...

Ah! De um sabor inusitado
E por mais que procurado
Viria me atender...

Se amigo fosse doce,
Seria feito você....”(Rose Felliciano)


*Mantenha a autoria do Poema*



Esse Poema é dedicado a todos que sentem na amizade, um doce sabor... e foi inspirado na minha querida amiga-irmã e grande Poetisa: Carmen Vervloet.


http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1344381
*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria*


sábado, 3 de janeiro de 2009

MINHA TERRA TEM SONETO...



“Tens meus passos, tuas ruas
E como nelas andei...
Amei em noites de lua,
Nas nuas brisas, despertei...

O teu céu é de um azul diferente
As estrelas são confidentes
Carregas meus sonhos, minha vida
Pelas tuas avenidas a desfilar....

És tão bela, minha cidade
Que mesmo em lindas viagens
Sinto saudades de ti...

Em nenhum lugar desse mundo
Haverá porto seguro
Como o que tenho aqui... (Rose Felliciano)




*Mantenha a autoria do Poema*




http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1322200





*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria.

PENEIRAS-CONTEMPORÂNEOS



“O verdadeiro Poeta
reconhece um grande talento.
Ele vê , elogia e incentiva a boa obra.
Os demais, a ignoram...

Triste e inútil ato.
Pois, tem-se no espaço, impregnado no tempo,
a essência pura que fica, perpetua, petrifica
Ninguém consegue apagar...

Tentaram até com Quintana,
e esse verdadeiro Poeta é a prova concreta
do que estou a falar.

Para os que o invejaram
e com peneiras tentaram
seu brilho apagar,
Mário os presenteou com o Poeminha do Contra.

Quem foram os que atravessaram seu caminho???
Nem lembramos. Eles passaram...
Mário, passarinho....

Para os “peneiras-contemporâneos”,
Peço que não se deixem enganar.
Pode-se até matar o Poeta...
Sua poesia, jamais!”(Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*




http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1306924





PS.: Contemporâneos não está no feminino pois, peneiras(neste caso) significa "eles"


*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria.

DESFECHO



“Tenho a agradecer-te tanto, tanto...
Encanto especial de amor tão lindo...
Segundos preciosos de pura emoção,
Inspiração à Poesia...

Agradeço-te, ainda que brusca, à separação...
Trevas que eu não via. Mentias...
Desilusão amarga e ainda em lágrimas,
Escrevia...

Fui lua que minguava... (escrevia)
Folhas de outono arrastadas... (escrevia)
E o mundo girando em torno de mim...

Vejo-me então nesse desfecho:
Já nem sei o que escrevo,
Agora que te esqueci... ”(Rose Felliciano)


*Mantenha a autoria do Poema*




http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1268087





*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria.

SIMPLES MARCAS



“Meus versos são simples
Desnudos em tudo
Que esteja em mim

Não tem o glamour dos vocábulos arrojados
Nem carecem decifrá-los
Os renomados mortais...

Meus escritos
São pedaços vividos
Formando com isso, imensos vitrais...

Ora! Mas por que rebuscar tanto a dor
Se o que a identifica
São seus ais????

Ademais,
Eu apenas me debruço no papel,
E minhas marcas ficam ali....”(Rose Felliciano)


*Mantenha a autoria do Poema*



http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1258520





*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria.

RECORDAÇÕES



"Carrego ainda,
o que restou de nós,
numa caixinha
escondida no tempo...

Por vezes, me pego,
a observar detalhes...
E dá vontade
de me guardar lá dentro...."(Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*



http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1249000





*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria.

PEDAÇO DE MIM



“Lembro que te esqueço
Todo dia...
Insidioso coração
Que ao soltar-se de ti,
Mais me prendia...

Assim, sem perceber
E a cada recomeço
Que o novo eu pressentia,
Era você, que novamente vinha...” (Rose Felliciano)

.

* Mantenha a autoria do Poema*



http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1242819





*imagem utilizada nesse artigo- desconheço a autoria.

DESPEDIDAS



“Eu me despeço
das fagulhas soltas ao vento
que brilham por um momento
e longe do sol se ofuscam..
Mas não desisto da busca.

Eu me despeço
da ignorância diplomada
aprendizagem disfarçada
manipulando o saber...
Mas insisto em aprender.

Eu me despeço
da canalhice escrota
a bandidagem solta
corrupção a céu aberto...
Mas não desisto do que é certo. Nem generalizo.

Creio plenamente no Amor
mesmo vendo tantos morrer...
pois o sol mantém seu brilho
até em dias, que não se consiga ver.

Eu me despeço
da covardia vivida.
Quero a coragem em meu ser
e até que chegue o adeus do momento
desse meu corpo cansado pelo tempo...
Não desistirei de VIVER.

Meu espólio será a poesia
Tesouro de uma vida
por Deus capacitada
e de esperanças renovadas
pelo poder desse Amor.

E sem nenhuma dor ou mágoa,
com o sorriso da alvorada
e a estrada da vida cumprida,
Dar-se-á a derradeira despedida...."(Rose Felliciano)


*Mantenha a autoria do Poema*




http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1228868





*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria.

FALSO BRILHO DAS TREVAS



“Chegou-me na Primavera
Trazia flores tão belas...
Nos olhos, todo o fulgor
Na boca, declarações de amor...

Não cumpriu o que prometeu
Sonhos deixados para trás
Parecia presente de Deus
Mas era obra de satanás.

“Nem tudo o que reluz é ouro”
O coração é um tesouro
Devemos ter mais cuidado

Depois de saciado, o cordeiro vira fera
Cai a máscara, revela-se...
Falso brilho das trevas.” (Rose Felliciano)




*Mantenha a autoria do Poema*



http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1227192






*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria.

CURE O MUNDO



“Vejo o desmatamento,
Desigualdade social
Armamento...
E muito me entristeço...

Vejo a brutalidade
Falta de caráter, corrupção
Separação de casais
Humanos piores que animais...

Mas, o que sangra meu peito
Ferida aberta , doendo
É ver crianças nascendo
Sem ter muito o que esperar

É ver um desses se perder
O sorriso desfazer
Em vícios que levam por caminhos
Difíceis de retornar...

Imploro pela paz!

Na simplicidade desses pequeninos
No brilho intenso dos seus olhos
É que podemos enxergar
E então mudar esse cenário

Crianças são anjos
Exército de Deus aqui na terra
E o fim de toda a guerra
Está em suas pequeninas mãos
E no imenso coração,
Onde se encontra Deus....” (Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*



http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1223818






*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria.

BRINCAR DE VIVER





“Criança...

Quero enxergar pelos teus olhos de esperança
Acreditar no invisível, no impossível
Quero brincar de Viver...

Teu é todo Universo
E o que mais quero é sempre te ver assim...
Sorrindo, olhando pra mim...

Adultos...

Das crianças é o futuro
Mas no presente está a semente
Que devemos agora plantar

Cuide, ame, eduque, respeite
Aprenda com seu sorriso, com seu ser...
Vamos brincar de Viver!” (Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*




http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1220319





*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria.

CRIANÇA



“Em tudo me encanta a criança.
Ser transparente que quando mente
Logo se contradiz.

No mundo da inocência
Cria cenas, personagens,
Amigos, imagens...
Que jura serem reais!

Nos olhos que brilham
Nas expressões da sua face,
Faz do mundo uma arte, fantasia...

Mas o que mais me fascina
Vai muito além dessa capacidade de sonhar,
do faz de conta...

O que me afronta a querer também ser criança
É o poder da esperança
Que esses pequeninos têm.

O acreditar no invisível
Desconhecer o impossível
Isso é a fé que Cristo, tão bem descreveu...

Ser criança, é ser a prova
Do infinito amor de Deus” (Rose Felliciano)



*Mantenha a autoria do Poema*



http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1219605




*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria.

AO SOM DA “NOSSA” MÚSICA...



“O som de uma música distante
Trouxe presente,
Algo adormecido em mim...

Não me vieram imagens
Nem lembranças.
Apenas a distância, presa na mente
desejos latentes, sentia....

Lágrimas de saudades
Desenhava a imagem
Que eu não via...

Um momento mágico
Guardado, perdido no espaço,
Que o tempo não apagou...

No entanto,
foi apenas uma música
Linda, inesquecível, única...
....acabou.”(Rose Felliciano)


*Mantenha a autoria do Poema*



http://www.rosefelliciano.com/visualizar.php?idt=1216750





*imagem utilizada nesse artigo- desconheço a autoria.